Entrar

Como juntar dinheiro para viajar: 9 dicas para planejar sua viagem

Descubra como realizar a viagem dos seus sonhos sem prejudicar seu orçamento financeiro.

Foto Vanessa Ferreira
Publicado em: 17 de dezembro de 2021.

O momento das férias é muito esperado, afinal, após um longo período de trabalho ou estudo, chegou a hora do descanso. Mas, quando não há um planejamento financeiro adequado, esse período de paz pode se transformar em dor de cabeça no futuro. Então, aqui você vai encontrar dicas práticas de como juntar dinheiro para viajar.

É importante lembrar que viajar é essencial para garantir mais qualidade de vida, além de novas vivências e aprendizados. No entanto, existem muitos custos envolvidos.

Tem o custo da hospedagem, da passagem, da alimentação, dos passeios em pontos turísticos e até aquela lembrancinha para quem você tanto gosta. Ou seja, é um investimento alto e que não dá para ter da noite para o dia.

Viajar exige planejamento financeiro para não se descontrolar e gastar mais do que pode. É preciso pesquisar sobre o local, entender o custo de alimentação praticado, assim como transporte e hospedagem.

E claro, após ter todas essas informações, é hora de calcular o quanto vai gastar, quanto ainda precisa guardar e quanto tempo vai precisar para isso. Afinal, não dá para fazer uma viagem incrível e voltar endividado, certo? Então, é hora de ficar de olho nas possíveis formas de poupar dinheiro.

Para isso, trouxemos aqui 9 dicas de como juntar dinheiro para viajar sem prejudicar seu orçamento financeiro. Anote tudo e comece a preparar as malas!

Como montar um roteiro de viagem econômico

Antes de tudo, é hora de escolher o destino. Você é daquelas pessoas que prefere praia ou montanha? Frio ou calor? Sossego ou agito? Seja qual for a sua resposta, saiba que é possível sim fazer um roteiro de viagem econômico, viu?

E pesquisando sobre o local que vai viajar, fica ainda mais fácil montar esse roteiro que não prejudique suas finanças pessoais.

Selecione os pontos turísticos que não abre mão de conhecer e já descubra o custo para ir até lá. Ou até mesmo as atividades que quer fazer e tome isso como prioridade. Assim, você já consegue separar aquela quantia em dinheiro e entender o que sobrará para outras atividades.

Saiba que montar um roteiro econômico não tem mistério. Basta saber exatamente o que quer conhecer, o objetivo da sua viagem e quanto tempo ficará por lá.

9 dicas de como juntar dinheiro para viajar

Gostou da ideia do roteiro econômico, não é? Pois bem, agora é que vêm as dicas para isso acontecer. Ao final do texto, você vai querer fazer milhões de planos de viagens, sonhando com os vários lugares novos que vai conhecer.

Caneta na mão – ou o bloquinho de notas do celular para os mais modernos – e vamos lá!

1. Quite todas as dívidas

Não dá para viajar devendo, certo? Primeiro que você pode precisar de um cartão ou até crédito na praça para conseguir comprar algumas coisas. Caso seu nome esteja negativado, isso vai ser ainda mais difícil.

Então, antes de tudo, avalie quanto deve e comece a se programar para quitar as dívidas antes da tão sonhada viagem.

2. Reveja os gastos desnecessários

Quer mesmo viajar? Então comece a cortar os gastos desnecessários. Sabe aquela blusinha que você nem precisa, mas compra todo mês? Ela pode ser um almoço naquela praia que tanto sonha conhecer. Pense nisso!

3. Defina quanto será poupado por mês para a viagem

Você já tem uma planilha de controle financeiro ou usa algum app para te ajudar nisso? Não? Então, é hora de ter.

Com isso, é possível enxergar mais facilmente o quanto do seu salário gasta e quanto vai conseguir poupar para a viagem. Mas não esqueça de destinar uma parte disso para montar sua reserva financeira, combinado? Ela é importante para você não ficar descapitalizado em caso de emergência.

Leia também | Como fazer uma planilha de gastos pessoais em 5 passos

4. Reveja seus hábitos de consumo

Com a planilha de controle financeiro – ou o app que vai escolher para te ajudar nessa missão –, será possível avaliar como são seus hábitos de consumo.

Ao fazer isso, é hora de entender onde está concentrado o seu maior gasto e como economizar mais para fazer sua viagem.

5. Pechinche sempre que possível

Muita gente tem vergonha de pechinchar e pedir desconto. Isso não é errado e é necessário. Pense que cada centavo que você economizar com os descontos que ganhar pode ser um passo a mais para realizar a tão sonhada viagem.

6. Renda extra

O que é possível fazer para ter mais dinheiro? Se você sabe cozinhar, fazer doces, ensinar alguma arte ou atividade para alguém, pode pensar em começar a ganhar dinheiro com isso.

Vender artesanatos e trabalhar como motorista de carro de aplicativo nas horas livres também são opções. Até mesmo se você tem o dom de escrever, por que não fazer freelas de conteúdo? Essa renda extra pode ser 100% destinada à sua viagem.

7. Desapegue do que não usa mais

Ainda no conceito de renda extra, que tal começar a desapegar de tudo aquilo que não usa mais? Lembra daquela blusinha que falamos lá no começo do texto que você mal usou exatamente porque comprou sem precisar? É hora de fazer dinheiro com ela.

Tem até alguns aplicativos que te ajudam a anunciar tudo que você tem, mas não usa ou perdeu o interesse. É mais uma graninha entrando na conta da viagem.

8. Leia blogs de viagens

Pense que em toda a cidade que você tiver vontade de conhecer, alguém também já conheceu. E como as pessoas gostam muito de compartilhar suas histórias e experiências, elas costumam contar isso em blogs.

Pesquise essas histórias. Normalmente elas contam o que fazer, aonde ir e quanto custa se hospedar lá.

9. Utilize recursos tecnológicos

A tecnologia está cada dia mais avançada e novos produtos são lançados para facilitar nosso dia a dia, principalmente no setor financeiro. E a cada dia que passa mais brasileiros estão entendendo a importância dessas ferramentas.

Para se ter uma ideia, 34% dos brasileiros com smartphone já fizeram pagamentos por aproximação, 25% já contrataram empréstimo por algum aplicativo e 15% contrataram um seguro por este mesmo meio.

Esses dados são da pesquisa Pagamentos Móveis e Comércio Móvel no Brasil, realizada pela Mobile Time e Opinion Box. Então, com essas tecnologias, você pode até conseguir economizar mais com cashbacks e também parcelamentos de boleto, como na Carteira Digital Serasa, por exemplo. Conte com ela para fazer sua viagem dar certo!

Carteira digital: a grande aliada da sua saúde financeira

Achou interessante essa história da carteira digital, não é? Sim, ela pode te ajudar muito a economizar e juntar dinheiro para a viagem.

Trata-se de uma plataforma que concentra opções de pagamento de forma digital. Com ela, é possível pagar contas online, fazer transferências, recarregar seu celular e até parcelar boleto no cartão de crédito. Gostou? Faça o seu cadastro na Carteira Digital Serasa e aproveite essas facilidades.

O que achou das dicas? Se foram úteis, compartilhe este conteúdo com seus amigos. Quem sabe, você consegue até uma turma para viajar juntos e tornar o passeio ainda mais econômico, hein?