Entrar

Saiba como comprar moeda estrangeira 

Confira neste artigo os cuidados e requisitos para comprar moeda estrangeira com segurança, facilidade e economia.

Publicado em: 20 de abril de 2023

Autora: Serrana Filetti

Quem precisa comprar moeda estrangeira, principalmente para viajar para o exterior com tranquilidade e não ter gastos excessivos, deve conhecer os melhores caminhos. Essa é uma etapa fundamental do planejamento financeiro. Por isso, preparamos este artigo com dicas sobre o assunto. Confira! 

Como comprar moeda estrangeira 

Em primeiro lugar, estude todas as alternativas e escolha de acordo com o planejamento financeiro familiar. Para isso, pense em qual moeda comprar e identifique as opções que trabalham com dinheiro em espécie. Saiba que cada meio de compra tem características próprias, além da variação de câmbio.  

Portanto, uma dica é pensar em comprar aos poucos e com antecedência. Também é importante ter uma reserva financeira para aproveitar a queda da cotação. Além disso, adquira a moeda estrangeira em instituições credenciadas pelo Banco Central.  

Confira outras dicas:   

  • • Compre dinheiro meses antes da viagem. 
  • • Acompanhe de perto a variação do câmbio. É importante verificar todos os dias. 
  • • Saiba qual valor ter em espécie.  

 

Essa é a melhor maneira de saber como comprar dinheiro e economizar. Além disso, pense na melhor forma de transferência bancária. As ações podem ser simples, mas se não forem bem executadas podem levar a vários prejuízos. Afinal, o valor de uma moeda, por exemplo, pode variar diariamente em relação a outra.   

Leia também | Saiba como fazer a conversão de moedas 

Quais as formas de comprar moeda estrangeira? 

Há várias maneiras de comprar dinheiro. Veja as mais indicadas:  

Cartões pré-pago  

Outra opção para comprar dinheiro, no caso o dólar, é usar cartões de débito pré-pagos. Eles são conhecidos como “travel money”. Para usar, é necessário depositar um valor em reais, e o dinheiro é cambiado para dólar. Com o cartão recarregado é só comprar a moeda estrangeira.  

Nesse caso, o valor final da conversão levará em conta a taxa de câmbio e o spread, que pode variar de acordo com a instituição. O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é sempre 6,38%, a maior alíquota entre as operações.   

Atenção: assim como um cartão de débito nacional, o pré-pago só funciona se tiver dinheiro. Por isso, é preciso manter a recarga caso precise fazer outras compras com frequência. 

Leia também | Quais as vantagens de um cartão de crédito internacional? 


Casas de Câmbio 

A compra pode ser feita no próprio site da casa de câmbio e o dinheiro é sacado em um caixa eletrônico, conhecido como Automatic Teller Machine (ATM) em inglês. Porém, antes de realizar a operação, é importante pesquisar os preços das corretoras.  

Há uma taxa conhecida como spread, ou seja, a diferença entre o valor de compra do dólar e o valor pelo qual a moeda é vendida ao cliente. Essa taxa pode variar bastante entre as casas de câmbio. Por isso, é bom comparar o custo-benefício para não errar na escolha.  

Além da taxa, que pode variar entre 4% e 7%, nessa operação é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), com valor de 1,1%. 

Assista | Entenda o que é IOF e como funciona

Quais as formas de comprar moeda estrangeira? 

  • Conta global  

  • É como uma conta corrente. Com a conta global é possível transferir, realizar compras no débito e sacar dinheiro. A diferença é que ela serve para transferir quantias em moeda estrangeira. Para usá-la é simples. Siga os passos:  
  •  
  • • Escolha um banco que ofereça o serviço e faça um cadastro na conta global. 
  • • Vincule uma conta nacional à global. 

  • Transfira o dinheiro entre as contas.  
  •  
  • No caso da conta global, a compra de dólar pela conta internacional ocorre pela conversão automática do real em dólar. O câmbio é atualizado a todo momento e a operação pode ser feita pelo celular. Um dos bancos mais conhecidos a oferecer esse tipo de serviço é o Banco Inter, com a Global Account do Inter. Ela pode ser aberta no próprio Super App da instituição para Android e iOS. 
  •  
  • A conta não tem custo de manutenção, permite saques gratuitos e transferências para outras contas americanas, e ainda acompanha cartão digital. Além de ser prática, pois dá para fazer todas as transações dentro do país, as taxas são mais atrativas.  

  • Transferência para conta no exterior  

  • Melhor opção por ser mais econômica. A transferência para uma conta no exterior é um processo rápido e simples. Ao transferir, é possível utilizar os recursos no país de destino pagando menores taxas. Dá para fazer a operação em plataformas digitais com melhores condições. Assim, o dinheiro vai para a conta, a pessoa saca ou utiliza o débito para pagar despesas e fazer compras no exterior.  
  •  
  • Atualmente há opções rápidas e modernas para enviar dinheiro ao exterior com operações mais econômicas. A alternativa está em ascensão no Brasil, pois reduz o valor pago em taxas.  

  • Aeroporto do destino
  •  
  • Para quem deseja saber como comprar dinheiro, também é possível comprar moeda estrangeira nas casas de câmbio dos aeroportos. É uma boa opção para quem precisa viajar para países com moedas diferentes do euro e dólar. Nos aeroportos é mais fácil encontrar e comprar essas moedas.  
  •  
  • A compra pode ser feita após o desembarque e é ideal para quem precisa de pequenos valores para a locomoção e a alimentação. Para valores mais altos, o indicado é fazer uma transferência internacional.  
  •  
  • Isso porque comprar moedas estrangeiras no aeroporto pode ser uma opção mais cara pelo valor de conversão.  

Qual limite de dinheiro para levar ao exterior?

  • Há regras para levar dinheiro ao exterior. Portanto, é importante conhecer os limites de envio. Por exemplo, as regras de entrada e saída de dinheiro em espécie no Brasil mudaram desde 31 de dezembro de 2022.  
  •  
  • Com a Lei de Câmbio e Capitais Internacionais (Lei nº 14.286/2021) aprovada, o valor máximo permitido para circulação em viagens internacionais sem a obrigatoriedade de declaração é de US$10.000. Segundo a Receita Federal, os viajantes internacionais, brasileiros ou estrangeiros, precisam declarar bens e valores em algumas situações.  
  •  
  • Por exemplo, para quem sair do Brasil, a declaração é obrigatória quando o dinheiro em espécie for maior que US$10.000 ou o equivalente em outra moeda. Se o viajante portar bens em valor superior a US$2.000 é preciso declarar para que, ao retornar ao Brasil, a Receita tenha o registro da compra do dinheiro no exterior. Caso contrário, os bens podem ser taxados na volta do país.  

Como declarar compra de moeda estrangeira no IRPF? 

  • Se os valores adquiridos forem inferiores a R$140,00, a declaração de imposto de renda é facultativa. O mesmo acontece se não atingir o valor mínimo dos rendimentos tributáveis de acordo com o calendário anual. Nesse caso também não precisa declarar a moeda estrangeira.  
  •  
  • Para quem precisa declarar, os passos são simples. Confira:  
  •  
  • Acesse o site da Receita Federal 
  • • Clique na página “Bens e direitos”. 
  • • Abra um novo registro.  
  • • Selecione a moeda. 
  • • Insira todos os dados. 
  •  
  • Gostou do conteúdo? Leia o próximo post sobre o que é e como fazer a declaração de imposto de renda.  

Pague contas com a Carteira Digital Serasa

A Carteira Digital Serasa tem tudo que você precisa para pagar contas online em um só lugar, de forma fácil, rápida e segura. Conheça as funcionalidades: 

  • • Recarga de celular. 
  • • Pagamentos de boletos diversos. 
  • • Pagamento de acordos no Serasa Limpa Nome. 
  • • Pagamento de débitos veiculares. 

Para acessar: 

  • • Baixe o app da Serasa (IOS ou Android) ou acesse o site. 
  • • Caso não tenha cadastro, basta fazer na hora. É rápido e grátis. 
  • • Faça o login. 
  • • Pronto! É só aproveitar os serviços que a Carteira Digital Serasa tem para você.