Navegação do blog
  1. Credito
  2. Blog
  3. Restituicao Antecipada Imposto De Renda

O que é restituição antecipada do Imposto de Renda

Saiba como funciona a antecipação da restituição do Imposto de Renda e entenda se é uma operação vantajosa ou não.

Publicado em: 17 de junho de 2024

Categoria CréditoTempo de leitura: 3 minutos

Texto de: Time Serasa

Meu imposto de Renda (Brazilian Federal Revenue Department) logo on smartphone screen on office desk. Income tax declaration in Brazil.

Algumas instituições financeiras oferecem a restituição antecipada do Imposto de Renda a seus clientes. Trata-se de uma linha de crédito e, portanto, acrescida de juros.

Neste artigo, entenda o que é e como funciona a restituição antecipada do Imposto de Renda. Saiba como solicitar e descubra se é uma operação que vale ou não a pena.

Assista | Erros mais comuns na declaração do Imposto de Renda

O que é e como funciona a restituição antecipada do Imposto de Renda

A restituição antecipada do Imposto de Renda é a solicitação de um tipo de empréstimo junto a uma instituição financeira.

É como uma antecipação de recebíveis, muito utilizada por quem tem o próprio negócio.

Na prática, o contribuinte solicita a um banco um empréstimo no exato valor da sua restituição ou abaixo da quantia a que terá acesso.

Quando a Receita Federal paga a restituição, seguindo o calendário determinado para aquele ano-base, o consumidor devolve ao banco a quantia emprestada, acrescida de juros.

Quem tem direito à restituição antecipada do Imposto de Renda

Qualquer pessoa que tenha valores de restituição a receber da Receita Federal pode solicitar a antecipação em uma instituição financeira que ofereça essa modalidade de crédito.

No entanto, mesmo comprovando que receberá em breve o valor da restituição da Receita Federal, o banco não é obrigado a conceder o crédito ao consumidor.

Assim como qualquer modalidade de crédito, a restituição antecipada do Imposto de Renda, para ser concedida a alguém, também pressupõe uma análise de risco de crédito.

No entanto, os bancos costumam considerar essa operação como segura e vantajosa, por ter a restituição como garantia de pagamento do crédito em um prazo curto.

Leia também | Como funciona a restituição do Imposto de Renda

Benefícios e desvantagens da restituição antecipada do Imposto de Renda

Para o consumidor, o principal benefício da restituição antecipada do Imposto de Renda é ter acesso a um dinheiro que demoraria mais tempo para entrar na conta.

Assim, pode ser uma boa opção em caso de urgências, imprevistos ou necessidades pontuais.

Outra vantagem da restituição antecipada do Imposto de Renda é que a modalidade pode ser oferecida por algumas instituições financeiras com juros mais baixos que os aplicados em outras operações de crédito.

Isso ocorre porque o pagamento da dívida é garantido pela restituição e tem data certa para ser finalizado. Por isso, há menor risco de inadimplência por parte do consumidor.

A desvantagem é a cobrança de juros em cima de um valor que entraria maior na conta. 

Como solicitar a restituição antecipada do Imposto de Renda

O passo a passo para solicitar a restituição antecipada do Imposto de Renda é variável. Assim, depende da instituição financeira na qual o crédito será solicitado.

Em geral, as etapas são as seguintes

  1. Acessar o canal da instituição financeira (site, aplicativo, internet banking).

  2. Pesquisar pela opção de antecipação da restituição do Imposto de Renda.

  3. Informar seus dados (pessoais, bancários e da declaração do Imposto de Renda).

  4. Inserir o valor que deseja antecipar e simular a antecipação.

  5. Calcula o valor total a ser pago, incluindo juros e outras taxas.

  6. Comparar com outras ofertas antes de confirmar a solicitação.

  7. Após simular e escolher a melhor oferta, confirmar a solicitação da antecipação.

  8. Ler novamente os termos e condições do empréstimo antes de confirmar.

  9. Acompanhar o processo de análise de crédito e liberação (geralmente os bancos enviam e-mail ou SMS com a confirmação da solicitação e o prazo para o depósito do valor antecipado).

  10. Respeitar o prazo de pagamento e quitar a dívida assim que receber a restituição do IR da Receita Federal.

Cuidados ao fazer a restituição antecipada do Imposto de Renda

  • Antes de contratar esse tipo de crédito, é fundamental:

  • ●     comparar as taxas de juros, os prazos e as condições do crédito antes de escolher a instituição;
  • ●     verificar a existência de cobranças adicionais, como IOF ou tarifas de serviço;
  • ●     antecipar apenas o valor necessário para o objetivo e não necessariamente o valor total da restituição do IR (para evitar pagar juros desnecessários);
  • ●     comparar as diferentes instituições que oferecem a linha de crédito e as condições definidas taxas de juros, prazo para pagamento);
  • ●     ler atentamente o contrato para não ficar inadimplente e pagar ainda mais caro pelo crédito no fim das contas;
  • ●     pagar o saldo devedor em dia para não precisar lidar com multas e juros por atraso;
  • ●     verificar a reputação do banco.


Leia também | Imposto de Renda 2024: quem precisa declarar?

Perguntas frequentes sobre a restituição antecipada do Imposto de Renda

Confira outras dúvidas recorrentes sobre a restituição antecipada do Imposto de renda:

Como funciona a antecipação da restituição do Imposto de Renda?

A antecipação da restituição do Imposto de Renda funciona como um empréstimo comum, mas em vez de pagamentos mensais ele é pago em parcela única, assim que é depositada a restituição do Imposto de Renda.

É possível antecipar o recebimento da restituição do Imposto de Renda?

Não, essa não é uma possibilidade. Todos os contribuintes brasileiros seguem o mesmo calendário de restituição do IR divulgado pela Receita Federal. As exceções são: pessoas idosas e portadoras de doenças graves ou deficiências, que são priorizadas logo no primeiro lote.

Para os outros contribuintes, geralmente quem entrega a declaração mais cedo recebe a restituição antes.

Dessa maneira, a forma viável de garantir que a restituição seja paga logo é fazer a declaração e submeter o arquivo à Receita Federal o mais rápido possível.

Qual é o calendário de restituição do Imposto de Renda 2024?

  • ●     1º lote: 31 de maio
  • ●     2º lote: 28 de junho de 2024
  • ●     3º lote: 31 de julho de 2024
  • ●     4º lote: 30 de agosto de 2024
  • ●     5º lote: 30 de setembro de 2024
  • ●     1º lote residual: 30 de outubro de 2024
  • ●     2º lote residual: 29 de novembro de 2024
  • ●     3º lote residual: 31 de dezembro de 2024
  • ●     4º lote residual:31 de janeiro de 2025
  • ●     5º lote residual: 28 de fevereiro de 2025

Conheça o Serasa Crédito

Além da antecipação da restituição do Imposto de Renda, há diversas outras formas de crédito.

No Serasa Crédito você simula ofertas de cartão de crédito, conta digital, empréstimo pessoal e empréstimo com antecipação do FGTS de acordo com o perfil do consumidor. Disponível de forma online e gratuita nos canais oficiais da Serasa, o serviço busca e compara rapidamente as melhores opções. Havendo ofertas para seu CPF, a contratação* leva poucos minutos. 

Confira o passo a passo: 

  • ●     Acesse o Serasa Crédito via site ou baixe o app (Android e na iOS)
  • ●     Faça login. Se ainda não possuir um cadastro, crie o seu grátis na hora;
  • ●     Selecione o serviço desejado (cartão de crédito ou empréstimo) e preencha as informações solicitadas para completar seu perfil de crédito;
  • ●     Compare as opções disponíveis para você e faça a solicitação. Agora é só aguardar a resposta do seu pedido para finalizar a contratação*.


 *A análise de crédito é feita por parceiros; sem garantia de aprovação. Pesquise quantas vezes quiser, grátis e sem afetar o Serasa Score.

Celular mostrando a carteira digital Serasa

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar

Artigos relacionados