Entrar

Concessão de crédito: o que é e como funciona?

Você sabe o que é concessão de crédito? Descubra tudo sobre o procedimento que faz parte de qualquer operação de crédito. Confira!

colunista elaine ortiz
Publicado em: 31 de março de 2022.

O que é concessão de crédito? Você já fez essa pergunta? Entenda o que é, como funciona, qual sua importância e confira três dicas que vão facilitar a concessão de crédito para você. Continue a leitura!

O que significa concessão de crédito?

Quando se busca “concessão de crédito significado”, a informação que você recebe é que se trata de um procedimento no qual uma instituição financeira analisa e aprova a liberação de crédito para uma pessoa física ou jurídica.

Na prática, isso quer dizer que todas as vezes que você solicita um empréstimo, um cartão de crédito, um financiamento de imóvel ou de veículo, ou qualquer outro produto financeiro, você espera receber um “sim” da instituição financeira.

Mas, o que talvez você não saiba é que antes deste sim, uma série de análises ocorrem nos bastidores em um processo chamado “análise de crédito”. Abaixo, a gente explica como funciona essa análise.

Assista | Análise de crédito: O que é e Como Funciona?

Como funciona a análise e concessão de crédito?

Como explicamos anteriormente, a concessão de crédito só ocorre após a análise de crédito. Portanto, é muito importante entender como funciona esta primeira etapa.

De forma geral, a análise de crédito é um verdadeiro estudo sobre seu perfil como consumidor, sobre toda a sua vida financeira. Alguns critérios considerados na análise de crédito são:

  • Dados cadastrais: informações básicas, como CPF, telefone, estado civil, idade, nível de escolaridade, profissão, renda, região onde mora;

  • Restrições no nome: com todos os seus dados, a empresa precisará saber se você não tem nenhuma pendência com o próprio banco. Além disso, também poderá consultar a Serasa;

  • Perfil de crédito: serve para o banco ou instituição financeira saber como é seu relacionamento com o mercado de crédito. Para isso, é possível que eles consultem seu Score de Crédito, a pontuação que demonstra a sua saúde financeira;

  • Renda: serve para verificar se a parcela cabe no seu bolso ou se o limite do cartão está adequado para o salário. Geralmente, o valor de uma despesa dessa não pode ultrapassar 30% do seu salário.

Depois que todos estes critérios são avaliados, a instituição que irá fazer a concessão de crédito a você vai determinar a quantia que irá liberar, a taxa de juros que irá aplicar e a quantidade de parcelas máximas que você poderá quitar seu empréstimo ou financiamento, por exemplo.

Portanto, o objetivo da instituição financeira ao fazer esta análise criteriosa é garantir que você realmente terá condições de pagar o crédito solicitado, sem ficar inadimplente. E isso depende muito da sua renda e do seu relacionamento com o mercado.

Assim, quem está com um score baixo, nome sujo, com diversas dívidas em aberto, dificilmente terá a concessão de crédito aprovada. Ou, se tiver, as taxas de juros aplicadas com certeza serão mais altas, como forma de proteger a instituição de uma possível inadimplência.

Basicamente, é deste modo que funciona a análise de crédito e é assim que é feito o processo para concessão de crédito ao consumidor.

Para a concessão de crédito para empresas, microempreendedores e autônomos a análise de crédito funciona basicamente da mesma maneira, com a diferença de que dados da empresa também serão solicitados para a avaliação (CNPJ, receita recorrente, lucro líquido). Lembrando que para este público há linhas de crédito específicas, como as oferecidas pelo BNDES, por exemplo.

É importante também deixar claro que apesar da análise de crédito, a concessão de crédito no Brasil é impactada pelo cenário econômico e político da época. Por isso, períodos de crise podem influenciar a decisão das instituições financeiras negativamente.

Por exemplo, a taxa básica de juros (Selic) está em 11,75% ao ano. O crédito, de forma geral, fica mais caro.

Leia também | Empréstimo para MEI online: como funciona e como solicitar?

É possível fazer a análise e concessão de crédito online?

Sim, é totalmente possível solicitar seu crédito e passar pelos procedimentos (análise e concessão) de forma 100% online. E é mais simples do que se imagina. O Serasa eCred é a plataforma de crédito da Serasa que pesquisa, compara e recomenda as melhores opções de empréstimo e cartão de crédito para você.

Veja como é simples e prático fazer sua simulação:

1. Acesse o Serasa eCred

Acesse o site do Serasa eCred ou o aplicativo da Serasa, disponível no Google Play e na App Store, e informe seu CPF e senha. Se você ainda não tem um cadastro, pode fazer o seu na hora. É rápido e você não paga nada por isso.

2. Complete o seu perfil

Ao concluir o login, você poderá atualizar o seu perfil. Não se esqueça de informar todos os dados solicitados na plataforma. Isso ajudará a gente a encontrar as melhores alternativas de crédito para você.

3. Preencha as informações do empréstimo que deseja

Informe o valor de empréstimo que você deseja e em quantas parcelas pretende pagá-lo.Caso também queira receber ofertas de empréstimo com garantia, é só preencher as informações sobre seu imóvel ou automóvel.

4. Confira e compare opções

Depois de cadastrar suas informações, é hora de fazer a simulação de empréstimo. Clique em “Nova simulação” e confira as ofertas de crédito disponíveis para você.

Na tela, aparecerão as opções de empréstimo que mais correspondem à sua busca. Avalie todas as informações com calma: o valor liberado por cada empresa, o limite de parcelas para pagamento e o CET (Custo Efetivo Total), que define as taxas que, de fato, serão somadas ao valor do empréstimo.

5. Escolha a melhor opção de empréstimo e finalize a contratação

Após avaliar os valores liberados por todas as instituições financeiras e comparar as taxas e condições oferecidas por cada empresa, basta escolher a opção que considerar mais interessante. Clique em “Solicitar” e finalize a contratação do seu empréstimo de forma fácil e em poucos minutos.

Fácil, não? Percebeu que a análise e a concessão de crédito não são bichos de sete cabeças?

Leia também | Como fazer uma simulação de empréstimo no Serasa eCred?

3 dicas para facilitar a concessão de crédito

Agora que você já sabe como funciona a concessão de crédito e entendeu a importância da análise de crédito neste processo, confira três dicas que irão facilitar sua vida na hora de conseguir crédito no mercado:

1. Mantenha seu nome limpo

Uma pessoa sem dívidas, com nome limpo, sem históricos longos de negativação, com certeza é bem vista pelo mercado. Organize-se e cuide das suas contas com cuidado para evitar atrasos, que geram altos encargos financeiros, que levam ao endividamento e à inadimplência.

O nome é um bem precioso para todo mundo que utiliza crédito (e quem não utiliza?).

Leia também: O que é saúde financeira e como melhorar a sua

2. Acompanhe seu Score

O score é a pontuação de crédito que funciona como um espelho das suas finanças. Para o mercado, um score verde, positivo, com pontuação elevada, significa que aquela pessoa é uma boa pagadora. Logo, conceder crédito a ela é mais seguro.

Esta segurança permite que juros mais suaves sejam aplicados a este cliente, bem como maiores prazos para pagamento.

Leia também |Score para financiamento: o que é e como aumentar?

3. Pague impostos em dia e mantenha documentos organizados

Empresários, microempreendedores, autônomos muitas vezes têm dificuldade em comprovar renda na hora de solicitar crédito ao mercado. Dessa forma, é muito importante manter os documentos organizados, declarações de imposto de renda em dia, movimentação bancária da pessoa jurídica separada da pessoa física. Tudo isso ajuda muito na hora da concessão de crédito para empresas.

Leia também | Como comprovar renda sendo MEI? Entenda o que fazer

Ainda restou alguma dúvida sobre concessão de crédito? Compartilhe com a gente! E se quiser ler mais sobre o assunto, continue acompanhando nossos conteúdos exclusivos no blog da Serasa. Aproveite para acompanhar também nosso canal no YouTube e ouvir o podcast Serasa Ensina.

serasaecred.com.br pertence e é operado pela Serasa S. A., uma sociedade anônima sob o CNPJ/MF 62.173.620/0104-95, com domicílio na Rua Dr. Léo de Carvalho, 74 – Sala 1105 – Bairro Velha – Blumenau-SC – CEP 89036-239. A Serasa S.A. não é instituição financeira. Somos um correspondente bancário das instituições: BANCO CBSS S/A – CNPJ: 27.098.060/0001-45, Banco Votorantim S.A. – CNPJ/ME: 59.588.111/0001-03, Banco Pan S.A. – CNPJ: 59.285.411/0001-13, Finamax S./A. – Crédito, financiamento e investimento – CNPJ: 00.411.939/0001-49 e possuímos uma plataforma online (“Serasa eCred”) que facilita o acesso de clientes a produtos e serviços ofertados por instituições financeiras parceiras e credenciadas na plataforma.

Os correspondentes bancários são empresas contratadas por instituições financeiras e demais instituições autorizadas pelo Banco Central do Brasil para a prestação de serviços de atendimento aos clientes e usuários dessas instituições. A atividade de correspondente bancário é regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Prazo de pagamento: varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 3 e 60 meses. Custo Efetivo Total (CET): varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 26,76% e 605,85% a.a. Exemplo: Empréstimo de R$5.000,00. Taxa de juros: 3,23% a.m. A pagar em 18 parcelas mensais de R$380,55. Total a pagar: R$6.849,90. IOF incluso: R$134,00. Tarifa: R$0. CET: 52,80% a.a.

O Serasa eCred tem como compromisso a transparência com nossos clientes. Antes de iniciar o preenchimento de uma proposta, serão exibidos de forma clara: a taxa de juros utilizada, tarifas aplicáveis, número de parcelas, impostos (IOF) e o custo efetivo total (CET). Nossa central de atendimento está disponível para esclarecimento de dúvidas sobre quaisquer dos valores apresentados. Serasa Consumidor informa: o Serasa eCred é uma plataforma de comparação de ofertas de crédito 100% gratuita para consumidores.

Não realizamos nenhum tipo de cobrança para apresentar a você as propostas de crédito dos nossos parceiros. Caso receba alguma cobrança, não faça nenhum depósito ou pagamento, e entre em contato com o nosso time de atendimento.