Entrar
Navegação do blog
  1. Carteira Digital
  2. Blog
  3. Day Trade

Entenda o que significa day trade

Conheça as estratégias de day trade, vantagens e os riscos associados a essa operação de ativos.

Publicado em: 8 de julho de 2024

Categoria Carteira DigitalTempo de leitura: 6 minutos

Texto de: Time Serasa

Verificação de investidores profissionais enquanto olha o gráfico financeiro na área de trabalho dos monitores. Empresário analisando gráfico estatístico do mercado de ações ao tomar decisão de investimento no mercado de ações.

O day trade é uma prática que tem se tornado popular no Brasil, especialmente com o avanço da tecnologia e o fácil acesso às plataformas de negociação online.

O day trade é uma forma de operar ativos financeiros regulamentada no Brasil – inclusive, sofre a incidência de Imposto de Renda. 

No entanto, é importante saber que o day trade envolve uma série de riscos, inclusive financeiros.

Saiba neste artigo o que é day trade, como funciona na prática, vantagens e desvantagens.

Assista | Você ainda não sabe o que são Criptomoedas? - Falando Dinheirês

O que é day trade

Day trade é uma estratégia de negociação no mercado financeiro. Nele, as operações de compra e venda de ativos são iniciadas e encerradas no mesmo dia.

O principal objetivo do day trader é aproveitar as flutuações de preço no curto prazo para obter lucros rápidos.

  • Essas operações podem envolver diversos tipos de ativos, como:
  •  
  • ●     ações;
  • ●     moedas;
  • ●     contratos futuros;
  • ●     criptomoedas.

 

Diferentemente dos investidores tradicionais, que costumam manter seus ativos por períodos mais longos, os day traders buscam tirar proveito das variações diárias de preços.

Eles utilizam análises técnicas e gráficos de curto prazo para identificar tendências e pontos de entrada e saída de suas operações.

Como funciona na prática o day trade

Para operar no day trade, é necessário seguir algumas etapas e utilizar diversas ferramentas:

  1. Escolha da plataforma de negociação

    A primeira etapa é escolher uma corretora que ofereça uma plataforma de negociação adequada para day trade. A plataforma deve ser rápida, confiável e fornecer ferramentas de análise técnica.


  2. Estudo e análise

    Antes de iniciar as operações, o trader deve realizar um estudo aprofundado dos ativos que pretende negociar. A análise técnica é fundamental para identificar padrões e tendências nos gráficos de preços.


  3. Definição de estratégias

    Existem diversas estratégias utilizadas no day trade, como scalping, trading de tendência e trading de notícias. Cada trader deve definir a estratégia que melhor se adapta ao seu perfil e objetivos.


  4. Execução das operações

    Com a estratégia definida, o trader deve estar atento ao mercado e pronto para executar as operações conforme identificado pelos sinais de entrada e saída. A rapidez na execução é fundamental para aproveitar as oportunidades de curto prazo.


  5. Gerenciamento de risco

    É essencial implementar um bom gerenciamento de risco. Isso inclui definir stop losses para limitar perdas, determinar o tamanho das posições e não arriscar uma parte excessiva do capital em uma única operação.


  6. Monitoramento contínuo

    Durante o dia de negociação, o trader deve monitorar continuamente os preços dos ativos, ajustar suas posições conforme necessário e fechar todas as operações antes do final do pregão.

    Leia também | Tesouro Selic: o que é e como funciona

Diferentes estratégias de day trade

Existem diversas estratégias utilizadas no day trade, cada uma com objetivos diferentes.

São elas:

Scalping

Descrição: scalping é uma estratégia que envolve a realização de múltiplas operações ao longo do dia, buscando pequenos ganhos em cada uma. O scalper entra e sai rapidamente do mercado, aproveitando pequenas flutuações de preço.

Objetivo: acumular vários pequenos lucros que, ao final do dia, podem resultar em um bom ganho.

Trading de tendência

Descrição: essa estratégia consiste em identificar e seguir a tendência dominante do mercado, seja ela de alta (bullish) ou de baixa (bearish). Os traders de tendência buscam entrar em posições que acompanhem a direção do mercado.

Objetivo: maximizar os lucros seguindo a tendência até que haja sinais de reversão.

Trading de notícias

Descrição: envolve a tomada de decisões com base em eventos e anúncios econômicos, políticos ou corporativos. Notícias relevantes podem causar grandes movimentos no mercado em um curto período.

Objetivo: aproveitar a volatilidade provocada por eventos noticiosos para obter lucros rápidos.

Leia também | Benchmark: entenda como impacta os investimentos

Vantagens e desvantagens do day trade

Depois de entender o que é day trade e como funciona na prática, é importante conhecer as vantagens e riscos associados a essa prática.

Vantagens do day trade

  • ●     Potencial de lucro rápido: a possibilidade de obter lucros rápidos é uma das principais atrações do day trade. Movimentos pequenos no preço podem resultar em ganhos, especialmente se o trader utiliza alavancagem.
  • ●     Autonomia e flexibilidade: muitos traders apreciam a autonomia e a flexibilidade proporcionadas pelo day trade. É possível operar de qualquer lugar, desde que haja uma conexão à internet, e definir seus próprios horários de trabalho.
  • ●     Aprendizado constante: o day trade requer um alto nível de aprendizado e aprimoramento de habilidades, o que pode ser gratificante para aqueles que têm paixão pelo mercado financeiro e pela análise técnica.

Desvantagens do day trade

  • ●     Alto risco: o day trade é altamente arriscado. Movimentos adversos podem resultar em perdas rápidas, especialmente quando se utiliza alavancagem.
  • ●     Estresse e pressão: a necessidade de tomar decisões rápidas e precisas pode ser mentalmente exaustiva. O estresse associado à volatilidade do mercado pode afetar negativamente a saúde mental e física do trader.
  • ●     Custos operacionais: as operações frequentes geram custos com corretagem e taxas, que podem reduzir os lucros. Além disso, a necessidade de plataformas de negociação sofisticadas e dados de mercado em tempo real pode acarretar despesas adicionais.
  • ●     Requisitos de capital: embora seja possível começar com um capital relativamente pequeno, a alavancagem e a necessidade de margem podem exigir um aporte financeiro significativo. Isso pode ser um obstáculo para muitos investidores.

O day trade é regulamentado?

No Brasil, o day trade é regulamentado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), entidade responsável por supervisionar e regular o mercado de valores mobiliários.

Além disso, os day traders são obrigados a pagar Imposto de Renda sobre os lucros de suas operações – atualmente, a alíquota está em 20% sobre o lucro líquido mensal (de acordo com a Lei nº 11.033/2004). Está em discussão uma proposta para diminuir a alíquota para 15%, mas até julho de 2024 o projeto ainda estava sendo preparado.

Riscos associados ao day trade

É importante saber que o day trade é uma atividade de alto risco, apesar de seus potenciais retornos.

Os principais riscos são:

Risco de mercado

O preço dos ativos pode mudar rapidamente e de forma imprevisível. Flutuações repentinas podem levar a perdas consideráveis.

Risco de alavancagem

A alavancagem permite que os traders controlem grandes posições com um pequeno capital. No entanto, isso também amplifica as perdas – e uma única operação malsucedida pode trazer um prejuízo maior que o capital inicial.

Risco emocional

As emoções podem interferir nas decisões de negociação. O medo e a ansiedade são sentimentos comuns que podem levar a decisões precipitadas e prejudiciais.

Risco de liquidez

Em alguns casos, pode não haver compradores ou vendedores suficientes para fechar uma posição na hora desejada, o que pode resultar em perdas adicionais.

Risco de corretora

A escolha da corretora é fundamental para operar day trade. Corretoras não confiáveis podem causar problemas como execução lenta de ordens ou até fraudes.

Risco regulatório

Os regulamentos podem mudar e impactar a maneira como o day trade é realizado. É importante estar atualizado com as leis e regulamentos que regem o mercado financeiro.

Acesse o canal da Serasa no YouTube

O Serasa Ensina é o canal da Serasa no YouTube para ajudar a descomplicar sua vida financeira. Ele traz centenas de conteúdos para ajudar a cuidar do dinheiro, negociar dívidas, proteger-se contra fraudes, aumentar o Serasa Score, economizar na rotina e organizar as finanças. 

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar

Artigos relacionados