Entrar

Juros para aposentados: entenda como funcionam

Será que a taxa de juros para aposentados é realmente mais barata que o resto da população? Descubra aqui!

colunista Veridiana Lopes
Publicado em: 27 de março de 2022.

A taxa de juros para aposentados é mais uma vantagem dessa fase da vida, antecedida por muitos anos de trabalho. Isso porque as instituições financeiras oferecem condições especiais para quem já se aposentou.

Veja também: Por que pagamos juros? - Serasa Ensina

Qual a taxa de juros para aposentados?

Todos os aposentados conseguem ter uma previsibilidade e garantia de renda, já que os pagamentos são fixos.
Essa pode ser uma vantagem para as empresas que emprestam dinheiro ou serviços a prazo.

Logo, os empréstimos, financiamentos e cartões são disponibilizados mais facilmente para quem é aposentado.

Por ser descontado direto em folha, as taxas de juros são bem mais tranquilas para esse público, quando comparadas a outras opções do mercado.

Como a instituição financeira não corre o risco de não receber o pagamento, os juros chegam a ser de até 1,34% ao mês.

Segundo o Banco Central, o valor das taxas de Crédito pessoal consignado INSS para pessoas físicas ficou entre 1,34% e 1,83%.

Confira na tabela a seguir a taxa de juros para aposentado de cada banco:

Entenda o que são juros

Se você compra a prazo ou já pegou um financiamento, sabe que os juros podem ser altos. Isso acontece porque as instituições financeiras não emprestariam dinheiro a troco de nada. Logo, os juros o valor do aluguel do dinheiro.

Uma forma simples de entender como funcionam os juros é considerando o seguinte:

● Taxa de juros. O valor em porcentagem que será pago a quem emprestou o dinheiro com pagamento a prazo. “Se a taxa é de 5%, a cada R$ 100 emprestados, o devedor tem que pagar R$ 5,00 a mais sobre o valor.”;
● Juros simples. É aplicado somente no valor inicial da dívida a prazo;
Juros compostos. O mais fácil de ser encontrado nas instituições financeiras. São os famosos “juros sobre juros”.

Empréstimo e liberação de crédito para aposentados

Para os aposentados, a modalidade de crédito liberada é o consignado. Portanto, o pagamento das parcelas é descontado diretamente do salário ou aposentadoria e, com isso, a liberação de empréstimos e linhas de crédito ficam ainda mais fáceis e simplificadas.

Quando contratar um empréstimo consignado?

Por ser uma modalidade de crédito descontado diretamente da folha de pagamento, é essencial que o planejamento financeiro seja feito antes da contratação.

Afinal, o aposentado deverá se acostumar a viver com uma renda menor até o empréstimo consignado ser quitado.

Veja como simular um empréstimo consignado passo a passo:

  1. Entenda qual é a sua necessidade e apenas contrate o empréstimo se for realmente necessário. Em caso de emergências, imprevistos, problemas de saúde, etc.;

  2. Faça uma simulação de empréstimo consignado grátis usando a ferramenta Serasa eCred. Por lá, você consegue encontrar as melhores taxas de juros e parcelas para o seu caso;

  3. Simule as opções de parcela dentro da sua planilha de organização financeira. Por exemplo, se a sua aposentadoria é de R$3.000,00 e a parcela é de R$400,00, faça a simulação usando essa diferença. Nesse caso, sua nova renda temporária seria de R$2.600,00

  4. Avalie o resultado. Será que você consegue manter o padrão de vida com essa diferença? Se não, o que pode ser negociado para adequar?

  5. Após seguir os passos acima e concluir que consegue honrar as parcelas, contrate!

Aumento nos juros do empréstimo consignado

Apesar dos benefícios de ser aposentados, a partir de 2021, as pessoas que solicitaram ou desejam um empréstimo precisarão ficar mais atentas, já que os juros praticados aumentaram.

Com o aumento da taxa Selic, os juros do mercado ficaram mais altos do que quando a pandemia iniciou.

Agora, com instrução normativa publicada no Diário Oficial da União, os juros para o crédito pessoal de aposentados foram modificados, tendo um aumento significativo em relação à taxa anterior.

Desde o dia 10 de dezembro de 2021, o empréstimo pessoal tem o limite de taxa de juros de 2,14% ao mês. Nas operações realizadas com cartão de crédito, o valor passa para 3,06% ao mês.

Portanto, não esqueça de sempre realizar uma boa análise antes de contratar qualquer linha de crédito.

Esse artigo foi útil? Compartilhe com os amigos e familiares que também precisam saber mais sobre juros para aposentados.